2

Decoração:Os tapetes ao longo da historia

Tá ai uma coisa que eu adoro e nunca sai de moda na decoração da casa,os tapetes que tanto amamos hoje tiveram origens em tempos muito remotos,acredita-se que eles nasceram nas tribos nômades da Pérsia.
As tribos usavam os tapetes para se proteger do inverno rigoroso.Mas a frente os tapetes iriam se transformar em um simbolo de expressão artística pela liberdade que possibilitava a escolha das cores vivas e dos motivos empregados.Os artesãos utilizavam os insetos, as plantas, as raízes, as cascas e outros ingredientes como fonte de inspiração.

Em uma única escavação arqueológica, em 1949, o excepcional tapete Pazyryk foi descoberto entre o gelo do vale Pazyryk, nas Montanhas Altai, na Sibéria. O tapete foi encontrado no túmulo de um príncipe cita. Testes com carbono-14 indicaram que o tapete Pazyryk foi tecido no século V a.C.. Este tapete tem 2,83 por 2,00 metros e tem 36 nós simétricos por cm². A avançada técnica de tecelagem usada no tapete Pazyryk indica uma longa história de evolução e de experiências nesta arte. O tapete Pazyryk é considerado como o mais antigo tapete do mundo. Sua área central é de cor vermelho escuro e tem duas grandes bordas, uma representando um veado e a outra um cavaleiro persa.
No entanto, acredita-se que o tapete de Pazyryk provavelmente não seja um produto nômade, mas sim um produto de um centro de produção de tapetes aquemênidas.
Registros históricos mostram que a corte aquemênida de Ciro, o Grande em Pasárgada era decorada com magníficos tapetes. Isto foi há mais de 2500 anos atrás. É dito que Alexandre II da Macedônia ficou deslumbrado com os tapetes que viu na área do túmulo de Ciro, o Grande em Pasárgada.
Até o século VI, os tapetes persas de lã ou de seda eram muito apreciados pelos nobres da corte em toda a região. O tapete Bahârestân (em persa: فرش بهارستان, significando o tapete da primavera) foi encomendado pelo xá sassânida Cosroes I para a sala principal de audiências do Palácio Imperial da dinastia sassânida em Ctesifonte, na província de Khvârvarân (atual Iraque). Media 140 metros (450 pés) de comprimento por 27 metros (90 pés) de largura, e seus desenhos representavam um jardim. Em 637, quando a capital iraniana, Ctesifonte, foi ocupada, o tapete Baharestan foi levado pelos árabes, cortado em pedaços menores, e dividido entre os soldados vencedores como espólio.
Segundo os historiadores, o famoso trono Tāqdis era também coberto com 30 tapetes Baharestan especiais representando os 30 dias do mês e quatro outros tapetes representando as quatro estações do ano.


Tapete Pazyryk, o tapete mais antigo do mundo, século V a.C..


Mulheres tecendo um tapete em um tear vertical (em 1890)

Mulheres nômades na tarefa de lavar a.


Um pouquinho de inspiração para nosso tempo moderno..




Viu como eles podem ser usados em qualquer cantinho da sua casa.






Super criativo.



Não da para não amar né?

2 Comente Aqui!:

  1. Acho que dá vida ao ambiente, lindas as fotos selecionadas para o post.

    Beijos
    Mulher Antenadíssima ♥

    ResponderExcluir

Nome do Autor

Sobre o autor

Natalia Custódio Sou carioca,libriana,mãe e especialista em mim mesma,gosto de assuntos diversos e tudo que envolve o mundo feminino.. Leia Mais sobre o autor...