1

Óleo de rícino

Primeiramente,desculpe pela demora no post essa semana ,tive muitos problemas com minha internet mas já esta tudo resolvido.Hoje resolvi fazer uma reblogagem de um texto muito legal sobre o óleo de rícino,o link da pagina encontra-se no final desse post..E ainda hoje tem mas um tutorial de copa para vocês..


Óleo de Rícino

Enquanto a cada dia que passa uma fruta, flor ou planta se torna a coqueluche dos milagreiros de plantão, vez ou outra também surge aquelas que ninguém entende para o que serve realmente. E se você nunca ouviu falar no óleo de rícino, não se preocupe, mais dias menos dia ele será indicado a você como “bom pra alguma coisa”.
No caso, ele também pode ser conhecido como o “brasileiríssimo” óleo de mamona, aquela frutinha que parece ser cheia de espinhos. E também, se fossem espinhos não seria uma má ideia, já que a semente é extremamente tóxica e somente o óleo dela é que “faz bem”.
Faz bem entre aspas mesmo, por que é difícil provar sua eficácia para qualquer um dos problemas que ele, miraculosamente, promete resolver. Na verdade, existe apenas um benefício praticamente aceito, e está bem longe do monte de lugares onde ele é usado.
oleo de ricino origem mamona

Óleo de Ricino é Laxante?

Ainda que tenha um histórico onde o óleo de rícino já aparecia sendo usado no Egito antigo como anti-inflamatório, antioxidante e adstringente, o tempo passo e hoje ele é produzido (e industrializado até por algumas marcas pequenas), como um tratamento natural para a constipação. Vulgo laxante.
Para isso, mesmo que, obviamente, sem comprovação científica (apenas a da sua vó), basta uma colher de chá logo de manhã, pura ou não (já que é muito amargo e pode ser misturada com, por exemplo, um suco de laranja), para que seu intestino volte a funcionar. E o poder dele parece ser tão forte que não é recomendado que se tome ele por mais de três dias. E caso os sintomas não desaparecerem procure um médico (que é o que já se devia ter feito antes de decidir pelo óleo).
Mas se isso o faz ser bom para alguma coisa, além disso, é por que, por cada conta e cada risco, você pode pingar, passar ou espalhar onde quiser.

Para que serve o Óleo de Ricino?

Acontece que muita gente ainda usa esse óleo como os egípcios: para tudo. Por isso não é difícil encontrar receitas que lembrar que no caso dele ser laxante, também pode provocar náuseas, cólicas, vômitos e desidratação, mas que também serve para deixar seus cabelos mais lindos!
oleo ricino para cabelo
É só aplicar direto no couro cabeludo, deixar durante a noite de sono e tirar no dia seguinte com a ajuda de um shampoo. Para esses, o rícino não só deixa os cabelos mais fortes, macios e brilhantes como resolve problemas de caspa (podendo misturar no shampoo do dia-a-dia) e até os faz crescerem mais rápido. O que não é nada mal para um laxante.
Por fim, diante ainda de uma série enorme de benfeitorias, que incluem tratamentos no sistema imunológico e até ajudando em doenças degenerativas, o óleo de rícino ainda é um ótimo inimigo contra infecções oculares (como conjuntivites e tersóis), basta uma gotinha duas a três vezes por dia.
Mas, mais importante que tudo isso, o bom é lembrar que o melhor mesmo é procurar um médico antes de se aventurar em qualquer dessas curas milagrosas.

Reblogagem:farmaciademanipulacao

1 Comente Aqui!:

  1. Eu não fazia ideia de onde vinha e que servia pra tanta coisa, só conhecia como laxante mesmo.
    Ótimo post, muito informativo.
    Beijo.
    http://beleza-facil.blogspot.com.br/2014/07/moda-2-em-1-bata-e-vestidinho-na-mesma.html

    ResponderExcluir

Nome do Autor

Sobre o autor

Natalia Custódio Sou carioca,libriana,mãe e especialista em mim mesma,gosto de assuntos diversos e tudo que envolve o mundo feminino.. Leia Mais sobre o autor...